Como evitar reclamação trabalhista na minha empresa?

Home/Trabalhista/Como evitar reclamação trabalhista na minha empresa?

Receber a notificação de uma ação trabalhista é um pesadelo para qualquer empresa, independente do porte.

As relações entre empregador e empregado passaram a ser regulamentadas com o surgimento da Consolidação das Leis do Trabalho, em 1943, que entende o trabalhador como parte hipossuficiente da relação trabalhista e por isso é direito constitucional a sua proteção.

Muitos empresários entendem a legislação atual como demasiadamente protecionista, mas existem maneiras de atuar preventivamente, diminuindo consideravelmente os riscos advindos de uma reclamação trabalhista e tornando possível fazer o dia-a-dia mais amistoso com seus colaboradores.

É sabido que a legislação brasileira é bastante complexa e uma das mais extensas do mundo, exigindo profundo conhecimento e organização por parte da empresa. E ainda há muitas dúvidas sobre como como ficarão, na prática, as mudanças projetadas na reforma aprovada recentemente.

Considerando todo o contexto atual, aqui estão 5 dicas sobre o que fazer para evitar uma reclamação:

 

1 – Informe-se

Contextualize a sua empresa em um cenário real de atuação. Tome conhecimento sobre os Sindicatos com quem precisará se relacionar e sobre todas as convenções e acordos trabalhistas, além dos direitos adquiridos da categoria. Cumpra a todos.  

 

2 – Atualize-se

Entenda sobre mudanças e atualizações dos direitos de seus funcionários. Cumpra com as ações, acordos e benefícios para o seu quadro de colaboradores. Aja proativamente, busque por tendências que se enquadrem na realidade  e cultura interna de sua empresa e aplique-as.

 

3 – Organize-se

Mantenha todos os encargos tributários e sociais em dia com documentos e comprovantes organizados e, especialmente, tome medidas preventivas para tornar as suas relações mais saudáveis.

 

4 – Oficialize relações

Embora previsto na legislação que as relações trabalhistas podem ser expressas (escritas) ou tácitas (verbais), é recomendado que qualquer acordo seja documentado de maneira a formalizar todas as cláusulas do trabalho a ser desenvolvido. Busque as melhores alternativas de formalização e não abra exceções.

 

5 – Profissionalize-se

Conte com uma equipe interna preparada e que se enquadre nos valores de sua empresa. Capacite seus gestores e dissemine amplamente o regulamento interno, evitando assim que ações antiéticas e realizadas em desacordo com as regras construídas possam ganhar maiores proporções.

Muitas vezes, porém, torna-se inviável manter profissionais especializados em direito trabalhista dentro de sua empresa, por isso, investir na contratação de uma consultoria trabalhista preventiva é uma excelente maneira de antever pontos de riscos e tornar as suas relações trabalhistas mais saudáveis. O papel dessa consultoria é organizar a sua área trabalhista, revendo acordos e elaborando novos contratos, bem como zelar por suas relações para evitar riscos e prejuízos para a empresa.

Apesar de parecer simples, enquadrar a sua empresa rigorosamente em todas as exigências trabalhistas demanda conhecimento, tempo e dedicação. Para auxiliá- lo nessas questões, temos uma equipe de especialistas que podem apresentar propostas e tirar todas as suas dúvidas.

Programa Discutindo a Reforma Trabalhista

By | 2017-11-22T13:40:06+00:00 24 de outubro de 2017|0 Comments

About the Author:

Drausio Rangel

Leave A Comment